NOTICIAS

Enem: gabarito oficial e cadernos de questões estão disponíveis

 

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 já está disponível na página do exame, no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No mesmo endereço é possível baixar os cadernos de questões. No total, são seis gabaritos para cada dia e seis cadernos de questões, de acordo com as cores da prova. O participante deve ficar atento para conferir o gabarito relativo à cor da prova que fez em cada domingo de aplicação.

No primeiro domingo, 5, foram aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e redação, e ciências humanas e suas tecnologias. Nesse dia os cadernos de questões tinham as cores azul, amarelo, branco, rosa, laranja (braile e ledor) e verde (libras). No segundo domingo, 12, foram aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Nesse dia os cadernos de questões tinham as cores amarelo, cinza, azul, rosa, laranja (braile e ledor) e verde (libras).

 

Fonte: IPAE 073  -16/11/17

MEC considera Enem 2017 o mais seguro dos últimos anos

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 terminaram às 18h (horário de Brasília) deste domingo, 12. A aplicação regular, iniciada às 13h30, teve 4 horas e 30 minutos de duração. Participantes com direito a tempo adicional tiveram uma hora extra e puderam fazer a prova até 19h. Deficientes auditivos e surdos que optaram pela videoprova traduzida em Libras, novidade desta edição, têm duas horas a mais e podem fazer as provas até 20h.
Foram avaliadas as áreas de matemática e suas tecnologias, e de ciências da natureza e suas tecnologias, com um total de 90 questões de múltipla escolha. A divulgação dos gabaritos e dos cadernos de questões na página eletrônica do Enem está prevista para a próxima quinta-feira, 16.
Ainda no domingo, o ministro da Educação, Mendonça Filho, concedeu entrevista coletiva em Brasília e apresentou um balanço do Enem 2017. No evento, o ministro anunciou que aqueles que fizerem a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) e obtiverem nota mínima terão gratuidade garantida na inscrição do Enem 2018. A presidente do Inep, Maria Inês Fini, também participou da entrevista.
O balanço final do Enem 2017 registrou 4.574.895 candidatos presentes na prova deste domingo, o que corresponde a 68% dos inscritos. No primeiro dia de exame, em 5 de novembro, o total de presentes foi de 4.724.519, totalizando 70,2% de presença. Ao todo, foram feitos 58.576 atendimentos especiais. O número de eliminados nos dois domingos foi de 842 participantes, inferior a outras edições. Foram registradas apenas 158 ocorrências nos dois dias de aplicação, sendo 45 neste domingo e 113 no domingo passado.

 

Fonte: IPAE 058 – 14/11/17

Plenário do Senado aprova MP da reforma do Fies

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (8) a medida provisória (MP 785/2017) que reformula o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Aprovada na forma de um projeto de lei de conversão (PLV 34/2017), a MP segue agora para sanção presidencial.
Entre as principais mudanças, está a exigência, já para 2018, de adesão das faculdades interessadas a um fundo de garantia, além do pagamento das parcelas do financiamento pelo estudante logo após o término do curso. Antes da MP, os alunos tinham uma carência de 18 meses para começar a pagar, após o término da faculdade. Apesar de retirar a carência, o texto prevê juro zero para beneficiários nos contratos assinados a partir de 2018. Alterações dos juros não incidirão sobre contratos firmados antes da mudança.
A MP também destina de recursos de vários fundos regionais para o Fies: Fundos de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), do Nordeste (FDNE) e da Amazônia (FDA); Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). Há ainda a previsão de recursos por parte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fonte: IPAE 041 -10/11/17

Comissão discute situação de escolas e trabalhadores brasileiros no Japão

A situação das escolas brasileiras no Japão e o Espaço do Trabalhador Brasileiro, inaugurado naquele país, serão tema de audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, nesta quarta-feira (8).
O deputado Walter Ihoshi (PSD-SP), autor do requerimento para a audiência, explica que esteve neste ano representando o Parlamento brasileiro em missãop oficial ao Japão, onde visitou escolas japonesas e nipobrasileiras a fim de conhecer a implantação e o funcionamento do sistema educacional público do país.
“Na ocasião, foi reivindicado pela comunidade brasileira um reforço às gestões do Itamaraty junto ao Ministério da Educação com vistas ao maior apoio às escolas brasileiras no Japão a fim de supervisionar a qualidade do ensino oferecido”, relata Ihoshi.
A delegação conheceu também o Espaço do Trabalhador Brasileiro, criado em 2012, pelo Consulado-Geral do Brasil, em Hamamatsu. “Há a necessidade de renovação do convênio com os ministérios das Relações Exteriores e do Trabalho e da Previdência Social para dar continuidade aos serviços assistenciais prestados pelo espaço à comunidade”.
Foram convidados para a audiência representantes dos ministérios das Relações Exteriores; da Educação; do Trabalho; e do projeto Kaeru.

FONTE: IPAE 035 – 08/11/17

Primeiro dia do exame termina com baixo índice de candidatos eliminados

As primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 terminaram neste domingo (5), com 273 participantes eliminados. Em 2016, ao final do primeiro dia, o exame já registrava 3.942 eliminações, e outras 4.780 no segundo dia. A aplicação, tranquila e sem ocorrências graves, justifica a ampliação e a diversificação da estratégia de segurança adotada a partir desde ano. O Enem 2017 estreou a prova personalizada e o uso de detectores de ponto eletrônico e teve a maior cobertura de detectores de metal desde que o recurso começou a ser usado: 100 participantes por detector. Do total de eliminados, 264 o foram por descumprimento de regras gerais do edital e nove por porte de objetos proibidos identificados pelo sistema de detecção de metal.
Do total de 6.731.344 inscritos confirmados no dia da prova, 69,8% compareceram. Desse montante, 15% não chegaram a acessar o cartão de confirmação de inscrição para saber o local de prova. A abstenção de 30,2% no primeiro dia reforça a importância das novas regras de isenção e justificativas de ausência lançadas este ano. O participante isento do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2017 que não compareceu às provas e não justificar essa ausência do sistema de inscrição do Enem 2018, por meio de documento legal, perderá o direito a nova isenção. Não estão incluídos nessa regra os concluintes do ensino médio na rede pública, que são automaticamente isentos, conforme Portaria Ministerial nº 468, de 3 de abril de 2017; e Edital nº 13, de 7 de abril de 2017.
Além da redação, que teve como tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”, os participantes fizeram provas de Linguagens, códigos e suas tecnologias e Ciências humanas e suas tecnologias.
O Enem 2017 é o primeiro a ser aplicado em dois domingos consecutivos, conforme foi escolhido pela maioria dos que responderam à consulta pública promovida pelo MEC e pelo Inep, em janeiro. A mudança nos dias de prova, as regras para isenção e justificativa de ausência, a solicitação de tempo adicional na inscrição, a declaração de comparecimento impressa pelo participante, as provas personalizadas e o detector de ponto eletrônico são outras novidades.

Fonte: IPAE 018 – 06/11/17

Ministério da Educação aprova indicadores dos Instrumentos de Avaliação Institucional Externa de instituições e cursos superiores

O Ministério da Educação editou as portarias nºs. 1.382 e 1.383, ambas de 31 de outubro de 2017, aprovando, em extratos, os indicadores dos instrumentos de avaliação de instituições e cursos.
A primeira portaria é destinada para os atos de credenciamento, recredenciamento e transformação de organização acadêmicanas modalidades presencial e a distância. Já a segunda versa sobre os cursos de graduação e serão aplicados nos atos de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos, também presenciais e a distância.
As mesmas estão publicadas no Diário Oficial da União do dia 1º de novembro.

Fonte: IPAE 009 -03/11/17

MEC abre chamada para PNLD 2019

O Ministério da Educação publicou nesta segunda-feira, 30, no Diário Oficial da União, chamada pública para a candidatura de professores interessados em participar da etapa de avaliação pedagógica das obras inscritas no Plano Nacional do Livro Didático (PNLD) 2019. Serão selecionados cerca de 600 profissionais que tenham, pelo menos, mestrado. Os interessados têm até o dia 27 de novembro para se inscrever.
Podem participar professores das redes pública e privada da educação básica e da educação superior. Serão avaliadas cerca de 260 coleções, que têm, em média, cinco livros cada. Caberá aos selecionados verificarem se os livros estão aptos para serem utilizados tanto por docentes como por estudantes. As avaliações serão realizadas entre janeiro e maio de 2018.
A novidade este ano é que serão avaliados livros destinados aos professores da educação infantil e a docentes e estudantes dos anos iniciais da educação básica. Além disso, foram incluídos pela primeira vez materiais didáticos de educação física e de projetos integradores, que trazem propostas para o ensino de várias disciplinas ao mesmo tempo.
Serão avaliados ainda livros de língua portuguesa, matemática, arte, ciências, história e geografia. Os professores selecionados passarão por uma formação antes de iniciar a avaliação dos livros. É vedada a participação daqueles que tenham qualquer tipo de relacionamento que configure conflito de interesse com editoras e autores.

FONTE: IPAE 161 -31/10/17

Levantamento do Inep revela perfil dos participantes do Enem 2017

Mulheres, com ensino médio completo e da cor parda. Esse é o perfil da maioria dos 6.731.203 candidatos que devem realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. As provas serão realizadas em 1.725 municípios, nos dois primeiros domingos de novembro (5 e 12). Os dados detalhados foram divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Segundo o levantamento, 58,6% dos participantes que realizarão as provas são mulheres. Em relação à escolaridade, 63,5% dos inscritos já concluíram o Ensino Médio. O número de candidatos que se declararam pardos chega a 46,9%.
Do total de participantes, 29,7% pagaram pela inscrição; 48,2% foram isentos; e 22,1% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede pública em 2017.
Desta vez, o Inep também divulgou a quantidade de pessoas que terão atendimento especializado nos dias da prova: 35.653. A maioria dos casos é de deficiência física (11.327), baixa visão (6.676), déficit de atenção (6.606) e deficiência auditiva (3.683). As Videoprovas Traduzidas em Libras, novidade desta edição, estarão disponíveis para 1.626 pessoas.
Se comparado ao ano passado, houve uma redução no número de inscritos. Em 2016, esse número chegou a 8.627.260. Segundo o Inep, essa redução ocorreu pelo fato de o Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio. Agora, quem deseja obter a certificação deve realizar o Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Encceja).

FONTE:IPAE 153 – 30/10/17

Mais de três milhões de participantes já consultaram o Cartão de Confirmação da Inscrição do Enem 2017

O número de acessos ao Cartão de Confirmação da Inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 superou três milhões na tarde desta segunda-feira, 23, o que representa 45% das inscrições. A Paraíba segue com o maior número de acessos: 57% dos participantes que farão o Exame no estado já sabem seus locais de prova. No Ceará, 55% dos participantes já consultaram o Cartão; em Pernambuco e no Rio Grande do Norte, 53%. O Amazonas tem o menor número de acessos: 30%. O Cartão foi liberado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na sexta-feira, 20, na Página do Participante. Ele também pode ser consultado pelo Aplicativo do Enem, desde que o app seja atualizado lojas Google Play (para Android) ou App Store (para IOS).
Para acessá-lo é necessário informar o número do CPF e a senha cadastrada na inscrição. Um passo a passo para recuperação da senha está disponível para aquela que a esqueceram. Não é obrigatório levar o Cartão de Confirmação impresso no dia das provas. O Cartão informa o número de inscrição; a data, hora e local das provas; a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos e/ou especializados, caso tenham sido solicitados. O Enem 2017 será aplicado em 12.416 locais de prova, distribuídos em 1.725 cidades brasileiras.

Fonte: IPAE 121 -24/10/17

Ministérios da Educação e do Planejamento autorizam 1,9 mil novas vagas de trabalho

Foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 19. Por meio da Portaria Interministerial nº 316, de 9/10/2017, os respectivos ministros da Educação, Mendonça Filho, e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), Dyogo Oliveira, autorizaram a criação de 1,9 mil vagas dos bancos de professor-equivalente e do quadro técnico-administrativo das universidades federais. Desse total, 1,2 mil vagas são para contratação de docentes e 700 para cargos técnico-administrativos.
A última liberação de docentes ocorreu em agosto de 2015, quando foram autorizadas 880 vagas para contratação no âmbito do programa de ampliação dos cursos de medicina. No caso do quadro técnico-administrativos, a última liberação de vagas data de abril de 2014.
As prioridades de atendimento atuais são preenchimento de parte do quadro das quatro universidades mais novas, criadas em 2013; expansão referente aos cursos de medicina; ampliação de campus e regularização de déficit de técnico-administrativos decorrentes de decisões judiciais. É uma conquista do MEC e do MP que soma pontos à educação brasileira.

Fonte: IPAE 105 – 20/10/17