Uncategorized

ENADE 2019

ENADE 2019

O que é o ENADE?

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O Enade é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), segundo diretrizes estabelecidas pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes), órgão colegiado de coordenação e supervisão do Sinaes.

O Enade é componente curricular obrigatório aos cursos de graduação, conforme determina a Lei nº 10.861/2004. É aplicado periodicamente aos estudantes de todos os cursos de graduação, durante o primeiro (ingressantes) e último (concluintes) ano do curso. Será inscrita no histórico escolar do estudante somente a situação regular em relação a essa obrigação, atestada pela sua efetiva participação ou, quando for o caso, dispensa oficial pelo Ministério da Educação, na forma estabelecida em regulamento.

 

Qual o objetivo?

O Enade tem como objetivo o acompanhamento do processo de aprendizagem e do desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação. Seus resultados poderão produzir dados por instituição de educação superior, categoria administrativa, organização acadêmica, município, estado, região geográfica e Brasil. Assim, serão construídos referenciais que permitam a definição de ações voltadas à melhoria da qualidade dos cursos de graduação por parte de professores, técnicos, dirigentes e autoridades educacionais.

 

O Enade é obrigatório?

Conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº. 10.861/2004, o Enade constitui-se componente curricular obrigatório, sendo inscrita no histórico escolar do estudante somente a situação regular com relação a essa obrigação. O estudante selecionado que não comparecer ao Exame estará em situação irregular junto ao Enade.

 

Quais os instrumentos básicos do Enade?

  • A prova;
  • O questionário de impressões dos estudantes sobre a prova;
  • O questionário do estudante; e
  • O questionário do coordenador(a) do curso.

 

Como são definidas as áreas que serão avaliadas no Enade?

O Ministério da Educação define, anualmente, as áreas propostas pela Comissão de Avaliação da Educação Superior (Conaes), órgão colegiado de coordenação e supervisão do Sinaes. A periodicidade máxima de aplicação do Enade em cada área será trienal.

 

Quando será realizado o ENADE?

 

Portaria Normativa MEC n° 828, que estabelece aspectos gerais sobre a realização do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 17 de abril. O exame será aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em 24 de novembro, para estudantes dos cursos vinculados às áreas de avaliação do Ano I do Ciclo Avaliativo do Enade.

 

 

Quais os cursos serão avaliados no Enade 2019?

 

As áreas relativas ao grau de bacharel são: Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia e Zootecnia. Já as áreas relativas ao grau de tecnólogo incluem: Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Estética e Cosmética, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar, Tecnologia em Radiologia e Tecnologia em Segurança no Trabalho. 

 

CRONOGRAMA ATIVIDADE PERÍODO

 

– O Enade 2019 será regulamentado por edital, a ser publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep, em que serão estabelecidos os aspectos indispensáveis à realização do Exame, incluindo cronograma, prazos, procedimentos técnicos e responsabilidades das Instituições de Educação Superior – IES e dos estudantes, entre outras diretrizes para sua realização.

 

http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/portaria-do-enade-2019-define-os-cursos-avaliados-neste-ano/21206

http://download.inep.gov.br/educacao_superior/enade/legislacao/2019/portaria_n828_de_16042019-enade2019.pdf

MEC reconhece dezenove cursos a distância, com milhares de vagas

Dezenove cursos superiores na modalidade a distância tiveram reconhecimento por meio de uma portaria publicada nesta segunda-feira, 20 de maio, no Diário Oficial da União (DOU).

Os cursos com suas respectivas vagas já tinham sido autorizados anteriormente e agora passaram pelo reconhecimento do Ministério da Educação (MEC).

O reconhecimento ocorre para cursos que já são autorizados pelo MEC. O reconhecimento e o registro de curso são condições necessárias para a validade nacional dos diplomas.

A instituição precisa protocolar o pedido de reconhecimento de curso no período compreendido entre 50% do prazo previsto para integralização de sua carga horária e 75% desse prazo, observado o calendário definido pelo Ministério da Educação.

A ausência de protocolo do pedido de reconhecimento ou renovação de reconhecimento de curso no prazo devido caracterizará irregularidade administrativa e a instituição ficará impedida de solicitar aumento de vagas e de admitir novos estudantes no curso, sujeita, ainda, a processo administrativo de supervisão.

Os processos de reconhecimento e renovação de reconhecimento de curso serão instruídos com análise documental, avaliação externa in loco realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e decisão da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do Ministério da Educação.

A Seres procederá à análise dos documentos, sob os aspectos da regularidade formal, e poderá:

  • deferir o pedido de reconhecimento ou renovação de reconhecimento de curso;
  • sugerir protocolo de compromisso com vistas à superação das fragilidades detectadas na avaliação;
  • reconhecer ou renovar o reconhecimento de curso para fins de expedição e registro dos diplomas dos estudantes já matriculados.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) determina em seu artigo 80 que o Poder Público incentivará o desenvolvimento e veiculação de programas de ensino a distância, em todos os níveis e modalidades de ensino, e de educação continuada.

São os cursos:

  • Teologia (bacharelado), da Faculdades Batista do Paraná (Fabapar), 100 vagas;
  • Engenharia de produção (bacharelado), da Universidade Federal Fluminense (UFF), 400 vagas;
  • Ciências econômicas (bacharelado), da Universidade Pitágoras (Unopar), 17 mil vagas;
  • Letras – Português (licenciatura), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), 750 vagas;
  • Gestão da tecnologia da informação (tecnológico), da Faculdade Educacional da Lapa (Fael), 6 mil vagas;
  • Logística (tecnológico), da Faculdade Educacional da Lapa (Fael), 6 mil vagas;
  • Pedagogia (licenciatura), da Universidade Positivo (UP), 1,5 mil vagas;
  • Engenharia ambiental (bacharelado), da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), 2 mil vagas;
  • Logística (tecnológico), do Centro Universitário do Paraná (Uniparaná), 700 vagas;
  • Processos gerenciais (tecnológico), do Centro Universitário do Paraná (Uniparaná), 250 vagas;
  • Pedagogia (licenciatura), da Universidade de Araraquara (Uniara), 500 vagas;
  • Gestão ambiental (tecnológico), da Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (Unigranrio), 400 vagas;
  • Processos gerenciais (tecnológico), da Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy (Unigranrio), 400 vagas;
  • Administração (bacharelado), do Centro Universitário Opet (Uniopet), 1,1 mil vagas;
  • Ciências contábeis (bacharelado), do Centro Universitário Opet (Uniopet), 2.240 vagas;
  • Gestão hospitalar (tecnológico), do Centro Universitário de Maringá (Unicesumar), 1,5 mil vagas;
  • Gestão ambiental (tecnológico), da Universidade Anhembi Morumbi (UAM), 30 vagas;
  • Computação (licenciatura), da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), 300 vagas;
  • Gestão de recursos humanos (tecnológico), da Universidade Universus Veritas Guarulhos (Univeritas UNG), 2 mil vagas.

Confira a Portaria.

Assessoria de Comunicação Social

Para saber mais clique aqui.

ENCONTRO REGIONAL SEMERJ – IES SUL FLUMINENSE

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR:  A ÁREA ACADÊMICA

 

Nos rumos da indústria 4.0 – integrante de um mundo caótico, volátil e incerto – o questionamento da universidade atual é tido como inevitável. Como formar um tecnólogo, bacharel ou licenciado com os saberes até aqui reunidos se o egresso lidará com um mundo em profunda transformação? Como preparar este profissional para o mercado de trabalho futuro, se a OCDE prevê a extinção de 60% das ocupações atuais antes da sua aposentadoria? Currículos, professores, estudantes e modalidades, tudo será diferente. Esse evento então se propõe a investigar quais são os rumos dessa Universidade 4.0.

 

PÚBLICO-ALVO
Mantenedores, Reitores, Pró-Reitores, Diretores e Coordenadores de Curso

 

Data:  17/06/2019

Local: UNIFOA – Centro Cultural Dauro Aragão
Av. Paulo Erlei Alves Abrantes, 1325, Três Poços
Volta Redonda

Horário: 9:30 às 13:30

Evento gratuito

 

 

PROGRAMAÇÃO:

09:30 – Abertura
09:45 – A Aprendizagem e a Formação em Transformação – Prof° Dr Maximiliano Damas, Pró-Reitor da Unicarioca
10h45
– Coffee-break
11h15 – A Sala de Aula e o Professor em transformação – Prof° Dr Alexandre Nicolini, Coordenador da UC-Semerj
12h15
  –13h15 – Grupos de discussão a partir da pauta anterior
13:30 – Encerramento

 

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

 

Novas publicações – Informativo SEMERJ

Foi publicado hoje o EDITAL Nº 28, DE 16 DE ABRIL DE 2019 do PROUNI que torna público o período para a atualização das bolsas do Programa Universidade para Todos – Prouni pelas instituições de educação superior participantes do Programa, referente ao primeiro semestre de 2019.

O Edital define que as instituições de educação superior participantes do Prouni deverão, no período de 22 de abril de 2019 até as 23 horas e 59 minutos do dia 3 de maio de 2019, efetuar os procedimentos para a atualização semestral das bolsas já concedidas.

Tenha acesso ao inteiro teor do Edital clicando aqui.

RESOLUÇÃO Nº 24, DE 16 DE ABRIL DE 2019
RESOLUÇÃO Nº 25, DE 16 DE ABRIL DE 2019

Também foram publicadas hoje a RESOLUÇÃO Nº 24, DE 16 DE ABRIL DE 2019, que aprova a matriz de competências dos Programas de Residência Médica em Medicina Nuclear, e a RESOLUÇÃO Nº 25, DE 16 DE ABRIL DE 2019, que dispõe sobre a cooperação entre a CNRM e as sociedades médicas de especialidades nas visitas de avaliação in loco dos Programas de Residência Médica no Brasil.

Tenha acesso ao inteiro teor da RESOLUÇÃO Nº 24 clicando aqui e da RESOLUÇÃO Nº 25 clicando aqui.

Informativo SEMERJ – 18-04-2019

ENADE 2019 – Informativo SEMERJ

Foi publicada hoje a PORTARIA Nº 828, DE 16 DE ABRIL DE 2019 do MEC que estabelece o regulamento do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – ENADE 2019.

A prova do Enade 2019 será aplicada em 24 de novembro de 2019, com início às 13h30 do horário de Brasília/DF.

O Exame deverá ser regulamentado por edital, a ser publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep, em que serão estabelecidos os aspectos indispensáveis à realização do Exame, incluindo cronograma, prazos, procedimentos técnicos e responsabilidades das Instituições de Educação Superior – IES e dos estudantes, entre outras diretrizes para sua realização.

Tenha acesso ao inteiro teor da Portaria clicando aqui.

 

MATRIZ DE COMPETÊNCIA – PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA – Informativo SEMERJ

Foram publicadas ontem diversas Matrizes de Competência para Programas de Residência Médica. Tenha acesso à íntegra das Portarias através dos links abaixo:

Informativo SEMERJ – 11-04-2019

PORTARIA Nº 758, DE 3 DE ABRIL DE 2019 – Realização da Renegociação dos Contratos de financiamento concedidos com recursos do FIES – Informativo SEMERJ

Foi publicada hoje a Portaria n. 758, de 3 de Abril de 2019, que dispõe sobre a realização da renegociação dos contratos de financiamento concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil – Fies, nos termos da Resolução nº 28, de 31 de outubro de 2018.

Referida Portaria estabelece que a renegociação fica autorizada na forma da Resolução nº 28, de 31 de outubro de 2018, do Comitê-Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil – CG-Fies, aplicar-se-á aos contratos de financiamento inadimplentes, concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil – Fies, que atendam cumulativamente aos seguintes requisitos:

I – contratos concedidos até o 2º semestre de 2017;
II – estejam, à época do pedido de renegociação, com no mínimo noventa dias de atraso na Fase de Amortização;
III – pagamento do valor da parcela de entrada, correspondente ao maior valor entre 10% do valor consolidado da dívida vencida e R$ 1.000,00 (um mil reais);

Tenha acesso à íntegra da Portaria clicando aqui.

Informativo SEMERJ – 05-04-2019

PORTARIA Nº 154, DE 1º DE ABRIL DE 2019 do FNDE – Informativo SEMERJ

Foi publicada hoje a PORTARIA Nº 154, DE 1º DE ABRIL DE 2019 do FNDE que dispõe sobre o prazo para realização da renegociação dos contratos de financiamento concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), até o 2º semestre de 2017, conforme estabelecido na Resolução nº 28, de 31 de outubro de 2018.

Segundo estabelece a Portaria, a renegociação da dívida com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), nos termos e condições fixadas pela Resolução CG-Fies nº 28, de 31 de outubro de 2018, poderá ser solicitada no período de 29 de abril a 29 de julho de 2019.

Tenha acesso à íntegra da Portaria

clicando aqui.

Informativo SEMERJ – 03-04-2019

Edital de Convocação

SEMERJ

SIND.DAS ENT. MANTENEDORAS DE ESTAB. DE ENS. SUPERIOR NO ESTADO DO R.J.
CNPJ: 42.586.511/0001-87
ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA / ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Edital de Convocação

 

1)     O Presidente do SEMERJ abaixo firmado, no exercício das atribuições que lhe conferem o Estatuto da entidade, aprovados através da Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 01 de dezembro de 2017,  convoca as entidades associadas a reunirem-se à Av. Rio Branco, 277, Sala 1410, Centro, RJ, no dia 29 de abril de 2019, às 10h30 min., em primeira convocação e às 11 horas., em segunda e última convocaçãocom qualquer número de presentes, a fim de, em Assembleia Geral Ordinária e em Assembleia Geral Extraordinária, deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:

  1. Em Assembleia Geral Ordinária:
    1)     Apreciação e votação do Balanço Patrimonial e demonstrações financeiras relativas ao exercício findo em 31/12/2018.
  2.  Em Assembleia Geral Extraordinária:
    1)Dar ciência aos associados sobre o andamento das negociações relativas à CCT 2019 mantidas com o Sinpro-Rio.

 

Lembramos de ser imprescindível para o voto, a presença   do Mantenedor   e/ou seu Representante legal com delegação de poderes e   que a IES esteja em dia com suas Taxas associativas.

 

Rio de Janeiro, 15 de abril de 2019.

 

CANDIDO MENDES
Presidente