Uncategorized

[Ficha de inscrição] VIVENDO ENTRE 2 MUNDOS – A UNIVERSIDADE NO OLHO DO FURACÃO

VIVENDO ENTRE 2 MUNDOS - A UNIVERSIDADE NO OLHO DO FURACÃO

Campos marcados com (*) são obrigatórios



Autorizo, a título gratuito e por tempo indeterminado, o uso de minha imagem/voz captados durante o evento em questão para serem utilizados em qualquer material Institucional ou de divulgação pelo "Semerj", sem qualquer remuneração ou ofensa à imagem *

Participantes:

Participante 01

Nome:*

Cargo:

Email:*

Participante 02

Nome:

Cargo:

Email:

Participante 03

Nome:

Cargo:

Email:

Participante 04

Nome:

Cargo:

Email:


Instituição:

Nome:
CNPJ:
Endereço:
Bairro:
Cidade:
CEP:  
Associado SEMERJ?*
AssociadoAssociado instituição conveniadaNão associado


Valor R$:

Email:

Site:


Responsável pela Inscrição:

Nome:

Cargo:

Email:

Telefone:

Observações:

VIVENDO ENTRE 2 MUNDOS – A UNIVERSIDADE NO OLHO DO FURACÃO

Universidade Corporativa SEMERJ

Palestrante:
Professor Carlos A. Monteiro- Prof. Carlos Antonio Monteiro, Fundador e Diretor Presidente da CM Consultoria, fundada em 1988, especializada na área educacional. Sua atuação no cenário da educação iniciou-se em 1970, acompanhando todo processo de consolidação e expansão do ensino superior privado. Carlos Monteiro é Advogado, Administrador, Sociólogo, Pós-graduado em Planejamento e Gestão Universitária pela Michigan University, Especialista e MBA em Marketing pela Madia Marketing School.

Palestras:
1. O LINEAR E O EXCEPCIONAL: DOIS MUNDOS INCOMPATÍVEIS.
 * Tendências
2. MUNDO LINEAR E SUAS CARACTERÍSTICAS
    2.1. A crise brasileira
    2.2. O que o censo de 18 nos diz?
    2.3. A tragédia do fies e suas consequências
    2.4. Regulação: o bônus da qualidade e seus reflexos

3. MUNDO EXPONENCIAL E SUAS CARACTERÍSTICAS
    3.1. O mundo VUCA e seus reflexos na educação
    3.2. Do diploma para a Longlife Learning
    3.3. Da sala de aula para a educação a qualquer hora em qualquer lugar
    3.4. Do professor para a Mentoria
    3.5. Do campus para o Bootcamp
    3.6. Do aluno para o aprendiz

4. GO DIGITAL? BE DIGITAL? A JORNADA DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
    4.1. O conceito de Mindset
    4.2 . Go Digital!
    4.3. Bee digital!
    4.4. Características da universidade empreendedora
    4.5. Cases brasileiros

Data: 11/11/2019
Local: Auditório da SNA – Av. General Justo, 171, Castelo, Rio de Janeiro
Horário: das 9:00 às 14:00
Público Alvo: Mantenedores, Reitores e Diretores Gerais, Pró-Reitores e Diretores, Marketing e Acadêmica

INVESTIMENTO:
*Associados:
– R$ 300,00 por participante
Observação: Instituições pagantes da Contribuição Sindical em 2019: 03 inscrições
gratuitas.

*Não associados:
– R$ 500,00 por participante

 

Vagas limitadas!
Inscreva-se clicando aqui!

ENCONTRO REGIONAL SEMERJ – IES NORTE FLUMINENSE

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR:  A ÁREA ACADÊMICA

 LGPD: SUA IES ESTÁ PREPARADA?

Nos rumos da indústria 4.0 – integrante de um mundo caótico, volátil e incerto – o questionamento da universidade atual é tido como inevitável. Como formar um tecnólogo, bacharel ou licenciado com os saberes até aqui reunidos se o egresso lidará com um mundo em profunda transformação? Como preparar este profissional para o mercado de trabalho futuro, se a OCDE prevê a extinção de 60% das ocupações atuais antes da sua aposentadoria? Currículos, professores, estudantes e modalidades, tudo será diferente. Esse evento então se propõe a investigar quais são os rumos dessa Universidade 4.0.

Sabe como a LGPD impactará diretamente no relacionamento com os diversos envolvidos em suas rotinas, como colaboradores, professores, alunos, pais e responsáveis? Conhece as principais medidas a serem adotadas na coleta, armazenamento e compartilhamento ou acesso a essas informações?

Venha debater o assunto conosco!

 

PÚBLICO-ALVO
Mantenedores, Reitores, Pró-Reitores, Diretores e Coordenadores de Curso, Advogados, Administradores de IES,e Profissionais de TI.

Data:  05/11/2019
Local: UCAM de Campos de Goytacazes– Av. Anita Peçanha, 100 – Parque São Caetano, Campos dos Goytacazes – RJ.
Horário: 9:30 às 13:30
Evento gratuito

 

PROGRAMAÇÃO:

09:30 Abertura
09:45 – A Aprendizagem e a Formação em Transformação – Prof° Dr Maximiliano Damas, Pró-Reitor da Unicarioca
10h45 – Coffee-break
11h15 – A Sala de Aula e o Professor em transformação – Prof° Dr Alexandre Nicolini, Coordenador da UC-Semerj
12h15  –12h45 – LGPD e a proteção de Dados Pessoais nas IES – Gabbi Portilho, Especialista em gestão da informação
12h45 – 13h 20 – Grupos de discussão a partir da pauta anterior
13:30 – Encerramento

Clique aqui e inscreva-se!

[FICHA DE INSCRIÇÃO] ENCONTRO REGIONAL SEMERJ – IES NORTE FLUMINENSE

ENCONTRO REGIONAL SEMERJ – IES
NORTE FLUMINENSE

Campos marcados com (*) são obrigatórios



Autorizo, a título gratuito e por tempo indeterminado, o uso de minha imagem/voz captados durante o evento em questão para serem utilizados em qualquer material Institucional ou de divulgação pelo "Semerj", sem qualquer remuneração ou ofensa à imagem *

Participantes:

Participante 01

Nome:*

Cargo:

Email:*

Participante 02

Nome:

Cargo:

Email:

Participante 03

Nome:

Cargo:

Email:

Participante 04

Nome:

Cargo:

Email:


Instituição:

Nome:
CNPJ:
Endereço:
Bairro:
Cidade:
CEP:  
Associado SEMERJ?*
AssociadoAssociado instituição conveniadaNão associado


Valor R$:

Email:

Site:


Responsável pela Inscrição:

Nome:

Cargo:

Email:

Telefone:

Observações:

Manual de Compliance no Setor Educacional será lançado no dia 26 em São Paulo, durante o 21º FNESP

Autores da obra são sócios da Covac Sociedade de Advogados e  farão também pré-lançamento em seminário para clientes no dia 25

Depois de terem abordado, em um livro publicado em 2015, a aplicação do princípio do compliance no setor educacional, os sócios da Covac Sociedade de Advogados, Dr. Daniel Cavalcante Silva e Dr. José Roberto Covac, especialistas em Direito Educacional, voltam ao tema em uma nova obra que será lançada durante o 21º FNESP – Fórum Nacional do Ensino Superior Privado, no próximo dia 26 (quinta-feira), e terá um pré-lançamento durante o 12º Seminário Anual para clientes da Covac, no dia 25 (quarta-feira). Os dois eventos serão realizados em São Paulo e a imprensa poderá ter acesso aos lançamentos inscrevendo-se para participar. Após os eventos a obra poderá ser adquirida nos sites da Amazon e da Livraria Cultura.

O livro Programa de Integridade no Setor Educacional – Manual de Compliance aborda a recente legislação que entrou em vigor e introduz  temas inéditos, como a aplicação da Lei Anticorrupção e da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que passará a vigorar em agosto de 2020, o compliance no Terceiro Setor e a indicação das análises que precedem a implantação do Programa de Integridade em Instituições de Ensino.

“Não podia ser mais atual nem mais útil esse guia prático para uso de gestores educacionais e operadores do Direito na montagem de um programa de compliance que permita afastar os riscos de não conformidade das Instituições de Ensino Superior diante da abundância de leis e normas que regulamentam o ensino superior privado”, diz o Dr. José Roberto Covac.

“Os gestores são os reais garantidores da democratização da educação para os jovens no país, respondendo por mais de 75% das vagas no ensino superior. Então essa obra profissional é para profissionais e merece figurar também nas bibliotecas dos modernos operadores do Direito, sejam advogados, sejam agentes do Ministério Público ou do Judiciário”, acrescenta o Dr. Daniel Cavalcante Silva.

Como especialistas nas questões que envolvem o Direito Educacional em geral e as práticas de integridade e conformidade para o setor em particular, os autores reforçam com o novo livro todo o conhecimento acumulado em relação ao tema em sua trajetória como sócios da Covac Sociedade de Advogados.

 

Programa de Integridade no Setor Educacional – Manual de Compliance

Autores: Daniel Cavalcante Silva e José Roberto Covac

Editora de Cultura

256 páginas

Formato 17×24 cm

 

Pré-lançamento: dia 25/9

12º Seminário Anual da Covac Sociedade de Advogados

Local: Ibis São Paulo Congonhas

Endereço: Rua Baronesa de Bela Vista, 801 – Jd. Congonhas

Horário: a partir das 18 horas

 

Lançamento: dia 26/9

21º FNESP

Local: World Trade Center de São Paulo

Endereço: Av. das Nações Unidas, 12.551 – São Paulo

Horário: a partir das 18h30

BRASIL CONQUISTA 3º LUGAR NA MAIOR COMPETIÇÃO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO MUNDO

 

Em 2019, o Brasil fez história e ficou entre os países com a melhor educação profissional do mundo. A delegação composta por 63 jovens brasileiros conquistou o terceiro lugar no ranking geral de pontos da olimpíada mundial de profissões técnicas, a WorldSkills. A cerimônia de entrega de medalhas foi realizada na última terça-feira (27/08), na Arena Kazan, na Rússia. 

As Skills (habilidades) têm poder de transformar a vida de jovens em todo o mundo. Elas ajudam a construir uma autoestima profissional e descobrir potenciais. Além disso, criam oportunidades e conectam comunidades. São a base do progresso econômico e alicerces do  mundo.

WorldSkills 2019
Lançada em 1950, a competição é bianual e cada edição acontece em um país diferente. Em 2019, o WorldSkills foi realizado em Kazan, na Rússia, de 22 a 27 de agosto. Esta edição reuniu 1.354 jovens. As 56 provas realizadas foram divididas em seis setores: Tecnologia da Construção Civil, Artes e Moda Criativa, Tecnologia da Informação e Comunicação, Tecnologia de Manufatura e Engenharia, Tecnologia de Manufatura e Engenharia, Serviços Sociais e Pessoais e Transporte e Logística.

O Brasil ficou em terceiro lugar geral. A China, que sediará a próxima WorldSkills, ficou em primeiro lugar no ranking de pontos totais. A Rússia, a anfitriã do torneio, garantiu a segunda posição e a Coreia do Sul ficou em quarto. 

Além de duas medalhas de ouro, cinco de prata e seis de bronze, a delegação brasileira ganhou certificados de excelência em 28 ocupações, nas quais os competidores ficaram acima da nota média dos concorrentes.

O Brasil tem se estabelecido entre as equipes mais vitoriosas da competição e foi a grande campeã quando o evento ocorreu em São Paulo/SP, em 2015, pela primeira vez em um país da América Latina. Na última edição, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, alcançou o segundo lugar.

História
O torneio WorldSkills, que completará 70 anos em 2020, nasceu da iniciativa de um grupo de pessoas e empresas. O movimento reúne estudantes, educadores, governos e indústrias de diferentes setores. É atualmente o maior torneio de educação profissional do planeta. 

Os desafios são realizados por jovens de até 22 anos e cada ocupação tem provas específicas, nas quais os competidores precisam demonstrar habilidades individuais e coletivas e realizar provas em padrões internacionais de qualidade.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) é um dos parceiros internacionais da iniciativa.

 
Fonte: ABMES

Secretário do MEC defende maior equidade na distribuição de recursos para universidades

O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Arnaldo Lima, defendeu uma melhor distribuição nos recursos da União destinados a universidades. De acordo com ele, a distribuição baseada em índices de desempenho traria maior equidade no repasse da verba.

“Queremos tratar os desiguais de formas diferentes. Existe desigualdade na distribuição de recursos e o Futere-se propõe um repasse mais equitativo”, explicou durante participação nesta segunda-feira, 19 de agosto, no 3º Congresso Internacional de Jornalismo de Educação, o Jeduca.

Arnaldo afirmou que as universidades com os melhores índices de governança, por exemplo, deverão ser premiadas. “A forma de exercer autonomia universitária é prestar contas do subsídio que recebe. Então, quem é que presta contas? É aquele que tem melhor governança. Os indicadores de governança fazem com que a gente tenha mais previsibilidade para que não faltem recursos”, explicou durante o evento em São Paulo.

Arnaldo disse que a mudança será discutida com os reitores. De acordo com ele, um dos indicadores será o ranking de governança do Tribunal de Contas da União (TCU). Outros índices utilizarão a criação de patentes e de empregabilidade. A previsão é que o debate sobre o tema seja aprofundado entre o final deste ano e meados do ano que vem.

O secretário destacou que a atual matriz orçamentária distribui recursos baseados 90% no tamanho da universidade e 10% no desempenho. “A gente quer aumentar essa proporção dos 10% [desempenho] ao longo de 10 anos”, disse.

“Hoje nós temos universidades no Sudeste em que custo por aluno é muito mais elevado do que no Norte e Nordeste. Muitas vezes as universidades que se destacam no índice de governança, ou seja, que fazem melhor planejamento, são as que menos recebem recursos”, afirmou.

Future-se – Lima defendeu a implementação do Future-se, programa lançado pelo MEC para garantir maior autonomia financeira e incentivar o empreendedorismo em universidade e institutos federais. Ele destacou que o programa será aperfeiçoado com as sugestões da consulta pública.

“O debate é plural, como deve ser no meio acadêmico. A consulta pública é instrumento de aperfeiçoamento. Não é para ser a favor ou ser contra é para sugerir melhorias. A gente tem que receber as sugestões para poder aperfeiçoar”, explicou.

Fonte: Portal MEC

Clique aqui.

Legislação Trabalhista e  Convenção Coletiva de Trabalho

Universidade Corporativa SEMERJ

 

Objetivo:
Aprofundar o conhecimento dos participantes para diminuir problemas trabalhistas tendo em vista o não cumprimento ou o cumprimento equivocado das normas coletivas e legislação vigente.

Data: 27/08/2019
Local: Centro – Rio de Janeiro
Horário: das 9h às 13h

Público alvo:
Profissionais da área de Recursos Humanos e Administração de Pessoal das IES;
Profissionais da área Jurídica das IES;
Profissionais que buscam aprofundar seus conhecimentos a respeito da legislação trabalhista vigente  e  Convenções Coletivas de Trabalho em vigor.

Palestrante:
Dra. Márcia Adriana de Oliveira Silva, especialista em Direito Empresarial e em Direito e Processo do Trabalho, advogada da Covac Advogados, professora da Unigranrio, consultora jurídica do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior do Estado do Rio de Janeiro, e conselheira da OAB.

 

Temas abordados:
1) Instrumento Coletivo de Trabalho
     a) Convenção Coletiva de Trabalho
     b) Acordo Coletivo de Trabalho
2) Tutor Presencial e Tutor a Distância
3) Contrato de Trabalho
    a) Pós-Graduação
    b) Ensino a Distância – Teletrabalho
4) Regime de Trabalho
    a) Horista
    b) Tempo Parcial
    c) Tempo Integral
5) Professor Ingressante
6) Duração da Hora Aula / Redução da Carga horária
7) Carga Horária / Disponibilidade do Professor
8) Adicional de Insalubridade
9) Associação de Professores
10) Pré-Aposentadoria
11) Jornada de Trabalho (Telemarketing/Radialista). Tempo Parcial

 

Investimento:
* Associados:
– R$ 300,00 por participante
Observação: Instituições pagantes da Contribuição Sindical em 2019: 03 inscrições gratuitas.

* Não associados:
– R$ 500,00 por participante

 

Inscrições Encerradas

Convenção Coletiva de Trabalho celebrada entre o SEMERJ e o Sinpro-Rio

Convenção Coletiva de Trabalho 2019/2021 celebrada com o Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região – Sinpro-Rio, assinada ontem, dia 6 de agosto de 2019, conforme aprovação pelos presentes na AGE patronal realizada no dia 5 último.   

Aproveitamos para informar que o SEMERJ realizará no dia 27 de agosto, evento sobre Legislação Trabalhista e  Convenção Coletiva de Trabalho, abordando os tópicos:

1) Instrumento Coletivo de Trabalho

  1. a) Convenção Coletiva de Trabalho
  2. b) Acordo Coletivo de Trabalho

2) Tutor Presencial e Tutor a Distância

3) Contrato de Trabalho

  1. a) Pós-Graduação
  2. b) Ensino a Distância – Teletrabalho

4) Regime de Trabalho

  1. a) Horista
  2. b) Tempo Parcial
  3. c) Tempo Integral

5) Professor Ingressante

6) Duração da Hora Aula / Redução da Carga horária

7) Carga Horária / Disponibilidade do Professor

8) Adicional de Insalubridade

9) Associação de Professores

10) Pré-Aposentadoria

11) Jornada de Trabalho (Telemarketing/Radialista).

Para ler na íntegra, clique aqui.

 

 

MEC PRORROGA PRAZO PARA RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDA COM FIES

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou, para o dia 10 de outubro, o prazo para renegociação de dívida do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A portaria que prevê a ampliação a renegociação foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

Para pedir a renegociação, os estudantes precisam ter firmado o contrato com o Fies até o segundo semestre de 2017; estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias; e ter contratos em fase de amortização.

Além disso, os contratos não podem ser objeto de ação judicial. A depender do tipo contrato, a renegociação também poderá ser feita pelo prazo de amortização.

De acordo com o Ministério da Educação, mais de 500 mil alunos estão com os contratos de financiamento na fase de amortização e com atraso no pagamento das prestações. O saldo devedor total alcança o valor de R$ 11,2 bilhões.

Para regularizar a situação, os interessados devem procurar a instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela resultante da renegociação não pode ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deve pagar ou 10% da dívida consolidada vencida, ou R$ 1.000.

 
Fonte: ABMES